Vacinação de crianças e adolescentes contra a dengue enfrenta baixa adesão em municípios do PI

A informação foi confirmada pela presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Piauí ( Cosems-PI), Leopoldina Cipriano.

 

Vacina contra dengue – Foto: Rogério Vidmantas/Prefeitura de Dourados

A vacinação contra a dengue voltada para adolescentes de 10 a 14 anos, está enfrentando dificuldades na adesão do público-alvo em diversos municípios do Piauí, principalmente em território entre rios. A informação foi confirmada pela presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Piauí ( Cosems-PI), Leopoldina Cipriano.

Inicialmente, alguns municípios optaram por um cronograma de vacinação por faixa etária, iniciando com os adolescentes de 10 anos e avançando gradualmente para os de 11, 12, 13 e 14 anos. No entanto, a baixa demanda fez com que essa estratégia fosse repensada.

“ A gente observou que tem que abrir para todo o público porque a busca está muito pequena por parte desse público”, explicou a presidente.

A presidente destacou ainda que o COSEMS promoveu diálogos com gestores municipais de áreas com baixa cobertura vacinal para identificar os desafios e elaborar estratégias eficazes. Entre as ações discutidas, está a mobilização de agentes comunitários de saúde para visitar os domicílios dos adolescentes na faixa etária indicada.

“Estamos agora abrindo a vacina já dos 10 a 14 anos e colocando nossos agentes comunitários de saúde nos domicílios desse público, nessa faixa etária, convidando nas mídias sociais esse público para se fazer presente nas UBS para garantir a vacinação em tempo hábil” finalizou Leopoldina Cipriano.

 

 

📲 Siga o Portal ClubeNews no Instagram e no Facebook.
Envie sua sugestão de pauta para nosso WhatsApp ou Telegram
Confira as últimas notícias: clique aqui! 



∴ Compartilhar