"Só não me matou", disse vítima de agressão e perseguição pelo ex-marido; suspeito preso

A vítima chegou a relatar que o ex a agrediu fisicamente e ameaçava tocar fogo nela e na casa.

Suspeito de agredir e ameaçar ex – Foto divulgada pela Polícia Civil

Lucas Dias Alencar, de 33 anos, foi preso suspeito de perseguir e ameaçar a ex-esposa de forma presencial e virtual por meio das redes sociais em Teresina (PI). “Só não me matou, mas ele bateu”, relata a vítima.

A prisão aconteceu, na tarde da quarta-feira (22), no bairro Mocambinho, zona Norte da capital, e foi realizada pela Diretoria Especializada em Operações Policiais (DEOP).

A vítima relatou ao delegado Thales Gomes que o ex-companheiro a agrediu fisicamente, além de ofendê-la na frente dos filhos. Segundo a vítima, ele chegou a ameaçar colocar fogo nela e na casa.

“Só não me matou, mas ele bateu. Ele me ameaçava na frente dos meus filhos e me perseguiu para eu perder o meu emprego. Me torturou e obrigou a ter relação. Me deu tapas, tentava me sufocar com o travesseiro, ameaçava tocar fogo em mim e na minha casa”, disse a vítima ao delegado.

Segundo o inquérito presidido pela Delegacia de Atendimento à Mulher do Centro, o homem não aceitava o fim da relação e mesmo com a medida protetiva solicitada pela vítima continuou com as ameaças.

O suspeito foi conduzido à Central de Flagrantes de Teresina e deve responder pelo processo recluso em penitenciária.

LEIA MAIS: 

Homem é suspeito de matar ex-mulher e incendiar casa com filho, mãe e irmã dela dentro


📲 Siga o Portal ClubeNews no Instagram e no Facebook.
Envie sua sugestão de pauta para nosso WhatsApp ou Telegram
Confira as últimas notícias: clique aqui! 



∴ Compartilhar