Projeto leva energia solar para famílias de agricultores sem rede elétrica no Piauí

O projeto já beneficiou mais de 21 famílias em comunidades rurais de José de Freitas e é realizado pela UFPI, IFPI e empresários locais.

Projeto de Energia Solar na zona rural de José de Freitas (Foto: TV Clube)

Milena Sousa/Clube Rural, Simplício Junior/TV CLUBE e Isadora Cavalcante
isadora.cavalcante@tvclube.com*

Entre riachos, canaviais e vegetação nativa, encontra-se a comunidade rural “Cadoz”, localizada a 20km de José de Freitas (PI). Por lá, mora o agricultor Raimundo, de 68 anos, que após anos vivendo na escuridão sem energia elétrica, teve a realidade transformada através da energia solar.

 “A energia passava a 200 metros de distância daqui. Quando dava 21h ela já apagava e você já tinha que ter uma lanterna e um maço de velas para poder passar o resto da noite e amanhecer. Hoje a realidade melhorou e muito”, disse o agricultor.

Essa transformação começou em 2019 através do projeto Canindé Solar, um trabalho de extensão da Universidade Federal do Piauí (UFPI) executado em parceria com o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI) e empresários locais.

Projeto de Energia Solar na zona rural de José de Freitas (Foto: TV Clube)

A ideia original é beneficiar agricultores familiares que não tenham acesso à energia elétrica. O projeto fornece um painel para captação de energia solar fotovoltaica com capacidade suficiente para alimentar uma bomba.

A partir daí, a água do poço no subsolo é puxada e usada para alimentar um sistema de irrigação que otimiza a produção agrícola. O projeto Canindé Solar já beneficiou a vida de 21 comunidades de todo o Piauí.

Projeto de Energia Solar na zona rural de José de Freitas (Foto: TV Clube)

MUDANÇA DE REALIDADE

Há 60 anos, o casal José Rodrigues e Nazaré reside no povoado Pedra de Amolar II, comunidade rural de José de Freitas (PI), que não possui energia elétrica. Para ter acesso a uma água, tinham que caminhar mais de 1,5 km até uma cacimba.

“Era a água que a gente encontrava. Ela servia para beber, dá aos bichos. Para cozinhar, beber, para tudo. Não tinha outra opção. Chegou um tempo que a cacimba secou e ficou só a lama. Como não tínhamos outro lugar, bebemos da lama mesmo”, disse a agricultora.

Projeto de Energia Solar na zona rural de José de Freitas (Foto: TV Clube)

A partir do projeto do IFPI de José de Freitas, foram instalados quatro painéis solares que puxam água potável para a família. O professor Santos Moura conta que conseguiu um poço tubular, com a ajuda de empresários do município.

“Tanto no Cadoz e aqui na Pedra de Amolar as pessoas dividiam a água com os animais. A gente percebe que o sol que castiga o pequeno produtor é o mesmo que produz, fornece renda e transforma a vida do agricultor”, disse o diretor do IFPI de José de Freitas.

Agora seu José e dona Nazaré tem água limpa para oferecer as ovelhas, irrigar a roça de arroz e consumo próprio. A dona de casa espera que a partir dessa mudança, a rede elétrica seja instalada na comunidade com mais rapidez.

“É um sonho. Nós não temos uma geladeira, não podemos colocar internet para os meninos estudarem, não tem uma televisão para a gente assistir. Os meninos vão à casa dos vizinhos para assistir televisão. É um sonho ainda, mas tenho fé em Deus que irei conseguir realizar”, disse dona Nazaré

Projeto de Energia Solar na zona rural de José de Freitas (Foto: TV Clube)

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em nota, a Equatorial Energia informou que cerca de 60 famílias que vivem nas comunidades Cadoz e Pedra Amolar serão beneficiadas pelo Programa Luz Para Todos, do governo federal.

“A ligação da rede elétrica está prevista para acontecer ainda este ano. A equatorial esclarece que segue um planejamento estabelecido junto ao órgão regulador e o prazo pode ser antecipado com o avançar das obras”, informou a concessionária de energia.

Estagiária sob supervisão*

📲 Siga o Portal ClubeNews no Instagram e no Facebook.
Envie sua sugestão de pauta para nosso WhatsApp ou Telegram
Confira as últimas notícias: clique aqui! 



∴ Compartilhar