IFPI divulga nota de repúdio sobre corte de R$ 5 milhões no orçamento pelo Governo Federal

O reitor afirma que a medida põe em risco o futuro de milhões de jovens

Paulo Borges, reitor do IFPI (Foto: Jonas Carvalho/ Portal ClubeNews)

Thálef Santos*
thalefsantos@tvclube.com

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI) divulgou, neste sábado (25), uma nota de “repúdio e indignação” contra o corte de R$ 5 milhões do orçamento divulgado pelo Governo Federal na sexta-feira (24). De acordo com o reitor, Paulo Borges da Cunha, o futuro de milhões de jovens está em risco.

A Reitoria do Instituto Federal do Piauí (IFPI) informa que no mês de maio houve um bloqueio de R$ 10 milhões, dos quais, agora, cinco milhões foram efetivamente cortados. A nota explica que esse valor não retorna à Instituição e impacta diretamente os contratos de água, energia, limpeza, vigilância, cozinha entre outros.

Concessão de auxílios, atividades de visitas técnicas, aquisição insumos de laboratórios, organização e participação em eventos acadêmicos, fomento à extensão e pesquisa dentre outras ações, também estão comprometidas.

O reitor do instituto, Paulo Borges da Cunha, destaca que diferente do bloqueio realizado no mês de maio, agora com o corte, este recurso não voltará mais para a manutenção da Instituição.

” Este é um total descaso e desrespeito com a comunidade acadêmica do IFPI. Coloca-se em risco com estas medidas, o futuro de milhões de jovens atendidos pelo IFPI e o sucateamento da nossa Instituição prejudicando assim o funcionamento das nossas unidades através da oferta de ensino, o desenvolvimento de pesquisa e de projetos de extensão. É urgente que a sociedade e os parlamentares da bancada federal reajam a esta medida para reaver os orçamentos das Instituições de Ensino Federais, em especial, as do Estado do Piauí”, finaliza.

Confira a publicação do IFPI na íntegra:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por IFPI (@ifpiaui)

Novo corte

Nesta sexta-feira (24), as universidades tiveram um corte de R$ 217 milhões e no começo do mês R$ 220 milhões. Já os colégios da rede federal perderam R$ 92 milhões na sexta e outros R$ 92 milhões no início do mês. Juntos, os cortes  totalizam R$ 619 milhões.

Ao total, foram retirados do orçamento de junho mais de R$ 600 milhões, segundo a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif).

Nota informativa do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. (Foto: divulgação/IFPI)

*Sob supervisão da jornalista Malu Barreto.

LEIA MAIS:

UFPI e IFPI sofrem com corte de verba do Governo Federal

📲 Siga o Portal ClubeNews no Instagram e no Facebook.
Envie sua sugestão de pauta para nosso WhatsApp ou Telegram.

📲 Siga o Portal ClubeNews no Instagram e no Facebook.
Envie sua sugestão de pauta para nosso WhatsApp ou Telegram
Confira as últimas notícias: clique aqui! 



∴ Compartilhar