Última campanha de vacinação contra a febre aftosa no Piauí inicia nesta segunda (1)

A ação tem estimativa de imunizar aproximadamente 2 milhões de bovinos em todo o estado para garantir o selo de exportação de proteína animal

Rebanho de bovídeos (Foto: Divulgação/Sada)

Rayfran Junior*
MaluBarreto@tvclube.com.br

A última campanha de vacinação contra a febre aftosa no Piauí inicia nesta segunda-feira (1) após o reconhecimento nacional do estado como livre da doença sem a necessidade de vacinação pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). A ação tem estimativa de imunizar aproximadamente 2 milhões de bovinos em todo o estado para garantir o selo de exportação de proteína animal.

O prazo para vacinação dos animais se estende até o dia 30 de abril, seguido pelo período de certificação, que vai de 1º a 15 de maio. Segundo o governador do Piauí, Rafael Fonteles, a classificação do Piauí sem a febre aftosa irá garantir a comercialização internacional do gado a outro patamar.

“Isso garante acesso a mais mercados para gerar oportunidade de trabalho e renda para o nosso povo. Chegar ao status de livre da aftosa sem vacinação é também uma grande vitória da nossa pecuária, que vai poder agora alcançar novos patamares em termos de comercialização da nossa produção”.

O lançamento da campanha foi sediado pelo deputado estadual João Mádison em conjunto com Rafael Fonteles. Para o deputado, a última etapa da vacinação agrega valor ao gado do estado e deixa o criador e pecuaristas livres da preocupação da doença nas fazendas e campos.

“Nós estamos muito alegres, porque a partir de hoje, neste lançamento, estamos livres, sem vacinação. Isso é muito importante para o criador, para o pecuarista e para aqueles que fazem negócio com a pecuária”, pontua.

Estagiário sob supervisão da jornalista Malu Barreto 

 

📲 Siga o Portal ClubeNews no Instagram e no Facebook.
Envie sua sugestão de pauta para nosso WhatsApp ou Telegram
Confira as últimas notícias: clique aqui! 



∴ Compartilhar