Vídeo: família enterra caixão sem bebê e descobre após hospital informar que estava com o corpo

Os familiares do bebê denunciaram o caso à Polícia Civil do Piauí. 

Uma família enterrou um caixão sem um bebê, que faleceu durante o parto, na sexta-feira (17), na cidade de Ribeiro Gonçalves (PI). A mãe não chegou a acompanhar o enterro porque ficou internada até o domingo (19).

O sepultamento sem o corpo só foi descoberto pela família após a equipe do Hospital Regional Tibério Nunes, onde o parto aconteceu, entrar em contato com eles, na noite de segunda-feira (20), relatando que o corpo continuava no necrotério.

Após a ligação da equipe do hospital, o caso foi denunciado pelos familiares do bebê à Polícia Civil do Piauí, na terça-feira (21).

O Hospital Regional Tibério Nunes relatou, em nota (confira ao final da matéria), que ao detectar a falha no serviço enviado pela prefeitura de Ribeiro Gonçalves contactou a família e deu suporte para realização correta do funeral.

Família enterra caixão sem bebê e descobre após hospital informar que estava com o corpo (Foto: Polícia Civil)

O delegado Marcos Halan, titular da Delegacia de Baixa Grande do Ribeiro, determinou a exumação para verificar a presença ou não de um corpo no caixão. E, se caso tivesse um corpo, se seria de outra criança.

“Da quinta (16) para sexta (17), a mãe da criança estava em Floriano, na maternidade, o bebê nasceu morto, de parto normal. Na sexta-feira mesmo, a família com a prefeitura providenciaram o caixão e fizeram a retirada do caixão do necrotério. Eles imaginaram que estavam levando o bebê dentro do caixão”, disse.

Conforme o delegado, na segunda-feira (20), pela noite, a equipe do hospital ligou para a família informando que o corpo estava no necrotério aguardando retirada para sepultamento.

O delegado pontua que, aparentemente, não houve crime, mas um ilícito administrativo. No entanto, a família poderá processar o hospital por danos morais.

LINHA DO TEMPO

De quinta (16) para sexta (17): o bebê nasce morto durante parto normal na maternidade do Hospital Regional de Floriano (PI)

Na sexta-feira (17): a família providenciou o caixão para retirada do corpo da maternidade e sepultamento no cemitério da cidade de Ribeiro Gonçalves (PI).

Na segunda-feira (20) pela noite: a equipe do hospital ligou para a família informando que o corpo estava no necrotério aguardando retirada para sepultamento.

Na terça-feira (21): familiares do bebê denunciaram o caso à Polícia Civil do Piauí.

Na madrugada de quarta-feira (22): o corpo do bebê é sepultado.

Família enterra caixão sem bebê e descobre após hospital informar que estava com o corpo (Foto: Polícia Civil)

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Hospital Regional Tibério Nunes esclarece que “o serviço de transferência de corpos para as urnas funerárias é de responsabilidade das funerárias e prestadores de serviço contratados pela família”.

“Esta unidade de saúde esclarece ainda que, assim que detectou a falha no serviço que fora enviado pela prefeitura de Ribeiro Gonçalves, para execução da transferência do natimorto para urna, bem como o transporte do mesmo para execução do funeral, contactou a família e providenciou todo suporte para que a mesma pudesse receber o corpo de forma adequada e realizar o funeral”.


📲 Siga o Portal ClubeNews no Instagram e no Facebook.
Envie sua sugestão de pauta para nosso WhatsApp ou Telegram
Confira as últimas notícias: clique aqui! 



∴ Compartilhar