Suspeito de cometer dois homicídios é morto praticando assalto em Teresina

Mateus Rodrigues foi morto com um tiro nas costas

Mateus Rodrigues e Marlon Pablo (Foto: Divulgação)

Mateus Rodrigues da Cruz (vulgo Mateus Doidão), de 21 anos, foi morto com um tiro nas costas enquanto praticava um assalto em uma parada de ônibus no bairro Redonda, zona Sudeste de Teresina.

O crime aconteceu na noite de quarta-feira (22). Marlon Pablo de Sousa, comparsa de Mateus, segundo a Polícia Civil do Piauí, foi baleado e encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Renascença.

Conforme o delegado Francisco Costa Barêtta, coordenador do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), Mateus Rodrigues tinha um mandado de prisão em aberto por roubo e tráfico de drogas. Já Marlon estava foragido da justiça.

“Ele (Mateus) estava na região, juntamente com outro indivíduo, segundo consta, cometendo assaltos. Ele abordou uma pessoa e, nesse momento, uma terceira pessoa passando efetuou disparo de arma de fogo contra ele. Ele ainda correu, mas caiu logo em seguida próximo a uma escola”, explica.

O delegado conta que foi verificado no local pelo menos duas pessoas que sofreram tentativa de assaltos da dupla no mesmo dia do crime. Um idoso foi alvo de uma tentativa de roubo em que a dupla teria tentado subtrair sua motocicleta, mas sem sucesso.

“Vamos verificar se realmente a pessoa que atirou nele agiu dentro da excludente de ilicitude, a qual é a legítima defesa. A gente vai verificar se realmente se estabelece porque já foi colhido informações no local. Acreditamos que durante outra tentativa, uma pessoa que estava passando viu e reagiu”, acrescenta.

Crimes praticados por Mateus

Mateus Rodrigues da Cruz teria envolvimento com a morte de um idoso e de um pizzaiolo na zona Sudeste da capital. O idoso seria o sogro de um policial militar do piauí. O crime aconteceu em 2020, quando Matheus ainda era menor de idade. Esta informação é investigada pelo DHPP e ainda não foi descartada.

Já em novembro de 2023, o funcionário de uma pizzaria, identificado como João Matheus Silva Feitosa, foi perseguido e morto a tiros no bairro Dirceu. O delegado Barêtta confirmou o envolvimento de Mateus na morte do pizzaiolo.

📲 Siga o Portal ClubeNews no Instagram e no Facebook.
Envie sua sugestão de pauta para nosso WhatsApp ou Telegram
Confira as últimas notícias: clique aqui! 



∴ Compartilhar